Diversas pessoas perdem o interesse nos treinos depois de um tempo. Vários são os motivos que ocasionam a desmotivação, sendo um desafio a ser enfrentado nas academias — logo, saber como motivar alunos é importante.

Desse modo, a animação passada pelo personal, instrutor ou professor é primordial para que o aluno continue a treinar, mas a motivação tem que vir da própria pessoa.

Nesse sentido, vale salientar que os principais motivos que levam as pessoas a desistirem de frequentar a academia são a demora na obtenção de bons resultados, as dores durante e após o treino, a correria do dia a dia e as dietas. Continue a leitura e aprenda boas medidas para motivar alunos e garantir a presença deles na academia!

Varie os exercícios

Realizar constantemente os mesmos exercícios pode ser muito cansativo. Afinal, não são todas as pessoas que gostam de reprisar as mesmas tarefas. Além disso, exercitar os mesmos músculos por períodos extensos acaba por ocasionar pequenos resultados com o tempo, já que o corpo acostuma com os estímulos proporcionados pelos exercícios.

Por isso, o instrutor deve trocar a ficha do seu aluno a cada 2 meses ou sempre que precisar. Outra dica importante é proporcionar ao cliente a possibilidade de experimentar novas modalidades.

Acompanhe os resultados

Não basta traçar metas. É fundamental que o professor acompanhe o progresso do seu aluno. O acompanhamento da evolução, mesmo que não seja tão claro aos olhos dos outros, é muito importante. Conseguir fazer com que o aluno suba uma escada sem perder o fôlego é um exemplo para deixá-lo mais animado a praticar exercícios físicos.

Logo, são esses pequenos progressos que contribuem para o aluno buscar um bom desenvolvimento, fidelizando o cliente na academia.

Respeite os limites

Se uma pessoa se matricular em uma academia e iniciar com um ritmo muito intenso de treinos, é pouco provável que continue muito tempo no ambiente. O ideal é começar aos poucos, elevando gradativamente a intensidade das atividades.

Além disso, realizar séries muito longas, aumentar demais as cargas e não proporcionar tempo suficiente para o descanso do corpo pode até provocar lesões. Com um desgaste maior, a pessoa pode ficar sem energia e exausta, acabando com a motivação. Assim, é preciso que o limite do corpo seja respeitado.

Motive

Ainda que repetir sempre os mesmos exercícios possa ser exaustivo, manter uma rotina de treino é primordial para “ensinar” o corpo. Nesse sentido, o instrutor precisar saber como motivar seus alunos diariamente. Logo, é fundamental indicar a execução do treino no mesmo horário, para a criação de uma rotina.

A musculação precisa ser um compromisso inegociável. É necessário que os exercícios sejam tratados com seriedade, pois, com disciplina, o corpo funciona bem melhor e os resultados são percebidos com mais intensidade e rapidez. Assim, consequentemente, o aluno fica mais motivado a frequentar a academia.

Portanto, essas são algumas dicas essenciais de como motivar alunos nos treinos. Vale lembrar sempre aos seus clientes que a prática de atividades físicas proporciona vários benefícios para o corpo e para a mente. E, além disso, um bom profissional na academia faz toda a diferença, visto que ele que terá um contato próximo com seus clientes, logo, a figura dele é primordial para que o cliente não perca o interesse.

Gostou das nossas dicas de como motivar alunos na academia? Compartilhe este post nas suas redes sociais para que outras pessoas também fiquem por dentro do assunto!