A padronização de processos empresariais nada mais é do que a criação de “roteiros” com todos os procedimentos e metodologias que precisam ser adotados no cotidiano de uma empresa. Seu principal objetivo é guiar os colaboradores para a tomada de decisões de maneira ágil e organizada, além de contribuir é claro para o aumento das vendas.

Para que esse procedimento possa ser implementado é preciso que haja um rastreamento de todas as atividades internas e colaboradores envolvidos. O objetivo é entender quem realiza o quê e quando.

Além disso, é preciso descrever com antecedência quais atitudes devem ser tomadas quando algo não sair como planejado para que se possa tomar decisões assertivas em um curto período de tempo.

Além de trazer diversos benefícios, a padronização é responsável por melhorar 3 pilares muito importantes para uma empresa e é sobre eles que falaremos no post de hoje. Confira!

1. Uso adequado dos recursos disponíveis

O uso inadequado dos recursos de uma empresa é um dos principais causadores de desperdício e no fim do mês isso acarreta em grandes prejuízos financeiros. Além do uso de recursos materiais, o aproveitamento do tempo para realização das atividades cotidianas também é mais do que o necessário.

Com a padronização dos processos fica mais fácil identificar para onde vão todos os recursos aplicados e como podem ser utilizados de maneira mais eficiente. Lembre-se de que sempre há melhorias a serem realizadas.

2. Aumento de produtividade

A padronização dos processos empresariais garante que todos os colaboradores possam entender quais são suas responsabilidades e quais soluções devem ser tomadas nos mais diversos tipos de situações do cotidiano empresarial.

Isso elimina o desperdício de tempo e os erros além de dar mais autonomia aos gestores e até mesmo aos colaboradores operacionais. Quando as atividades são realizadas de forma previsível o número de refações diminui e isso também contribui para o aumento de produtividade, sem contar que diversas tarefas podem ser realizadas por sistemas de automação, o que permite ter uma liderança mais engajada nas questões estratégicas.

3. Redução de custos nos processos empresariais

A redução de custos é na verdade uma consequência dos processos anteriores. Já que a padronização dos processos reduz as chances de erro, aplica os recursos de maneira mais inteligente e otimiza a mão de obra, é natural que haja maior lucratividade.

A vantagem é que com a redução dos custos é possível também reduzir o preço dos produtos e ganhar mais competitividade no mercado sem precisar de alterações nas margens de lucro. E mais, a padronização dos processos de produção exige um monitoramento constante. Essa medida visa garantir que tudo esteja saindo como planejado, mas também pode detectar problemas ainda em estágio inicial e evitar prejuízos futuros.

Podemos concluir que empresas com padronização de processos conseguem realizar a gestão dos negócios de forma muito mais eficiente já que tudo é realizado de forma transparente.

Essa clareza impacta positivamente todos os departamentos, desde o RH que consegue avaliar o desempenho de todos os funcionários, até o almoxarifado que pode realizar uma gestão de estoque mais eficiente, capaz de mensurar exatamente tudo o que precisa ser produzido no decorrer de um mês ou trimestre.

E se você gostou dessas dicas e quer aprender mais sobre os processos empresariais, não deixe de assinar nossa newsletter e receber em primeira mão tudo o que publicarmos.