Com dinheiro e credibilidade não se brinca. Ter prejuízos financeiros e perder a confiança dos seus consumidores são dois fatores que podem ocorrer se você não souber como fazer controle de estoque eficiente.

Deixar de entregar um produto e tê-lo no estoque pode ser uma dor de cabeça enorme, principalmente para quem tem um pequeno negócio em crescimento e depende de fidelização e propaganda boca a boca.

Para não passar por isso, siga os seguintes passos para manter um controle de estoque impecável.

Faça a contabilização do inventário

O primeiro passo é fazer um diagnóstico de como está seu inventário. Essa parte pode ser a mais exaustiva, mas é muito importante. Se você não sabe o que tem em estoque, é muito difícil manter um controle.

Essa etapa deve resultar em um relatório que possa ser usado para acompanhamento futuro, que pode ser feito em um sistema de automação online ou mesmo em planilhas. Lembre-se de que é essencial dar continuidade a esse trabalho para que ele seja eficiente.

Crie padrões de classificação e controle

Na hora de organizar, lembre-se de dar uma boa faxina no local de armazenamento. Para alguns setores do mercado existem regras claras de armazenamento de matéria-prima, especialmente no setor alimentício.

Classifique tudo o que está armazenado em categorias e estabeleça regras para a entrada e a saída de material, como horários para entregas, quantidades nas prateleiras para fazer um novo pedido, padrões de como armazenar determinados produtos, entre outras normas.

Estabeleça controle periódico

Desde o início, envolva um funcionário capacitado para ser responsável por como fazer controle de estoque.  Mesmo que você o supervisione de perto durante os primeiros passos, não pode ficar a frente dessa missão para o resto da vida: é preciso delegar.

Estabeleça uma rotina que auxilie tanto no controle periódico quanto na exposição de possíveis falhas. Este controle pode ser feito por ciclos, de acordo com categorias dos materiais.

Planeje as compras com antecedência

Se você lida com perecíveis, sabe que tem que ficar de olho nas datas de validade dos produtos. Se não, estabeleça uma quantidade mínima para determinado material ser reposto. Para isso, conte com fornecedores parceiros que vão agilizar as entregas e se preparar para a sua demanda.

Tome cuidado com a sazonalidade dos produtos. Em determinadas épocas do ano, alguns produtos podem sair mais que outros e precisam de reposição com mais rapidez. Já outros nem tanto. Ter esses dados preestabelecidos facilita bastante o trabalho.  

Não deixe nada estragar no estoque

Tudo que estraga ou fica parado no seu estoque é dinheiro jogado fora. Se você se esforçou para ter seu próprio negócio, evite esse tipo de situação. Uma ideia é fazer promoções com os itens que estão há muito tempo parados e não geraram interesse. Assim, você gera capital rápido, repõe o que investiu e libera espaço para produtos que sejam mais rentáveis para a empresa.

A mesma coisa vale para materiais que estão próximos do vencimento do prazo de validade. Melhor sair com uma margem de lucro menor do que perder dinheiro, concorda?

Agora que você descobriu como fazer controle de estoque, é só começar a colocar as dicas em práticas. Não se esqueça que esse é um trabalho contínuo, que vai sempre acompanhar seu dia a dia. E, para melhorar mesmo esse controle de estoque, uma saída é buscar uma ferramenta de automação que faça a gestão de forma mais otimizada. 

Se você gostou do post e quer fazer esse controle de uma forma mais fácil, leia mais sobre automação comercial para restaurantes. Lá você pode encontrar outras sugestões para seu negócio.