Estratégias de gestão de negócios podem facilmente se tornar ineficazes, levando ao desperdício de tempo e recursos. Outra consequência é a insatisfação de funcionários, custos mais altos e oportunidades perdidas de crescimento.

Se você deseja que sua empresa continue a crescer, operar com eficiência e impactar a vida dos seus clientes, é importante avaliar e melhorar continuamente os processos de negócios.

Para isso, é muito importante treinar os colaboradores de uma padaria ou um mercado pequeno de forma adequada, pois esse treinamento tem uma influência positiva direta na gestão da empresa.

Neste post, reunimos algumas dicas de como treinar bem os funcionários, focando na otimização da gestão de negócios. Continue a leitura para saber mais!

Planeje cada etapa do treinamento

A primeira coisa a se fazer é criar uma lista de itens a serem verificados para estabelecer o propósito do programa de treinamento. Na maioria dos casos, é preciso projetar o modelo de treinamento apenas uma vez.

Durante essa fase, os treinadores devem entender e avaliar o propósito do plano a ser elaborado — afinal de contas, esse propósito será usado para definir os objetivos do modelo de treinamento.

Alguns aspectos a serem considerados são:

  • estratégia de negócio;
  • necessidades organizacionais;
  • necessidades departamentais;
  • necessidades de treinamento;
  • necessidades individuais dos funcionários.

Avaliar cada uma dessas áreas ajudará os treinadores a definir o conteúdo que entrará no programa. Com essas informações coletadas, é possível definir metas. Seguindo o mesmo exemplo apresentado, uma organização que deseja melhorar os números de vendas definiria um conjunto de metas a serem obtidas com os treinamentos.

Determine o orçamento

Para pequenas e médias empresas, o treinamento de funcionários vem sendo visto, cada vez mais, como uma estratégia. Essa estratégia pode ser utilizada tanto para desenvolver aptidões relevantes e envolver os colaboradores em sua rotina diária quanto para atrair os melhores talentos — os quais geralmente se interessam por organizações com foco no desenvolvimento.

Uma boa regra prática é que as empresas devem gastar de 1 a 5% do custo total de seu salário em treinamento, dependendo da ênfase que querem dar ao treinamento em sua organização. Portanto, se você tiver uma estimativa aproximada de qual será o custo total do salário oferecido no próximo ano, poderá fazer esse cálculo.

O recurso mais importante ao determinar um orçamento de treinamento é sua equipe. Converse com sua equipe de RH e seus gerentes para determinar as seguintes métricas:

  • quais são as lacunas de conhecimento comuns entre os funcionários?
  • quais são as formas mais eficientes de treinar funcionários?
  • quando e com que frequência devem ocorrer os treinamentos?
  • em quais assuntos os gerentes gastam mais tempo ao treinar funcionários?

Responder a essas perguntas em conjunto produzirá um plano unificado, a fim de lidar com o desenvolvimento de um orçamento e um programa de treinamento eficaz.

Defina os objetivos

A eficácia operacional se refere à capacidade de vincular os objetivos de treinamento às metas estratégicas da empresa. Se seu programa de treinamento precisa abordar lacunas críticas de desempenho, seus KPIs devem incluir métricas operacionais.

Definir objetivos e metas para os alunos, que sejam mensuráveis e significativas, requer três fatores primordiais:

  • os objetivos devem ser pautados em ações claras e significativas por parte do aluno;
  • essas ações devem provocar um comportamento observável;
  • os objetivos podem incluir critérios quantificáveis, em relação aos quais o desempenho dos alunos pode ser avaliado.

Ter metas claras e mensuráveis é o primeiro passo para qualquer plano de engajamento de funcionários bem-sucedido. Defina objetivos ou metas da empresa de curto e longo prazo e identifique possíveis treinamentos, a fim de atender a essas metas.

Os exemplos podem incluir melhorar o atendimento ao cliente, aumentar a produtividade ou melhorar as relações entre os funcionários.

Compreenda as necessidades da equipe

Antes de começar a trabalhar em seu plano de treinamento, você precisa desenvolver uma compreensão clara das necessidades da sua empresa.

Essas necessidades geralmente se enquadram em uma das três categorias:

  • aptidões que seus funcionários atuais têm e você precisa ensinar para novos contratados;
  • aptidões que sua força de trabalho deve adquirir para melhorar seus fluxos de trabalho existentes;
  • aptidões que seus funcionários precisam ter para oferecer suporte a um novo produto ou mercado.

O treinamento antes e no início das atividades do colaborador em uma empresa atendem à primeira categoria, enquanto o treinamento regular de funcionários está inserido na segunda e na terceira.

Dependendo da situação atual da sua organização e dos seus objetivos, você pode ser chamado para lidar com alguns ou todos os itens acima em seu treinamento.

Não tente adivinhar quais são as necessidades de treinamento dos funcionários da sua empresa, especialmente se ela for de grande porte. Envolva-se com os gestores, a fim de aprender sobre os planos do negócio, e converse com funcionários regulares para obter uma compreensão de suas habilidades e necessidades atuais.

Inicie o processo de implementação

O treinamento é a espinha dorsal do sucesso de uma empresa. A instalação de um programa concreto de treinamento de funcionários proporcionará a qualquer negócio padrões mais elevados, bem como maior produtividade, eficiência e lucratividade. Quanto mais os seus funcionários se envolvem com o treinamento, mais bem-sucedido ele será.

Depois de estruturar todo o processo, é o momento de colocá-lo em prática! Com o planejamento, será possível identificar o que pode ser otimizado e quando começar a implementação do treinamento de sua equipe.

Por fim, a gestão de negócios pode ser otimizada de forma significativa com o treinamento adequado de seus funcionários. Quando os processos do seu negócio funcionam bem, eles podem melhorar a eficiência, eficácia e reduzir o desperdício em sua empresa.

Por fim, para determinar se o seu programa de treinamento foi eficaz, é necessária uma avaliação pós-curso. Quando você mensura suas metas antes e após o treinamento, você assegura que as suas estratégias de aprimoramento estão trazendo os resultados esperados por sua empresa e seus colaboradores.

Viu como é possível treinar bem seus funcionários? Caso queira se aprofundar nesse assunto, leia, em seguida, nosso artigo sobre a importância do treinamento e capacitação das equipes!