Alguns equipamentos são fundamentais para a operação no dia a dia de estabelecimentos comerciais do setor varejista, como supermercados, restaurantes, padarias etc. É o caso da balança, já que áreas como padaria, açougue, hortifrúti e frios contam com grande quantidade de produtos que precisam ser pesados no momento da compra. Por isso, é muito importante conhecer os diversos tipos de balanças para varejo e assim poder fazer a aquisição mais adequada às necessidades do negócio.

Além disso, também é essencial estar por dentro das regras do INMETRO para balanças comerciais. Isso porque realizar a pesagem de forma irregular ou ainda deixar de pesar as mercadorias pode acarretar em multas e prejuízos para o varejista por ocasião de uma fiscalização do IPEM ou mesmo pela denúncia de consumidores.

Confira a seguir os tipos de balanças e suas diferenças. Boa leitura!

Regras do INMETRO para balanças comerciais

Todas as balanças comerciais devem atender as exigências da portaria do INMETRO nº 236/94. Essa é uma garantia de que nenhuma das partes — comerciante e consumidor — tenha prejuízo em uma compra ou venda de uma mercadoria medida pelo peso. De acordo com a portaria, toda balança deve apresentar as seguintes características. Confira a seguir!

Placa de identificação

A placa é obrigatória e deve conter informações que correspondam à origem do aparelho e outros dados essenciais para o seu funcionamento, como:

  • nome do fabricante, CNPJ e endereço;
  • mês e ano de fabricação do aparelho;
  • modelo no qual o equipamento foi registrado na portaria do INMETRO;
  • número e ano da publicação da portaria de aprovação do modelo no INMETRO;
  • número de série que pertence ao dispositivo;
  • consumo de energia em Watts;
  • faixa de temperatura que o equipamento está apto a trabalhar sem erros no resultado, entre outras informações.

Selo do INMETRO

O selo do INMETRO é colado na balança pelo fiscal, garantindo que ela passou pela inspeção logo após ser fabricada. O selo também assegura que o equipamento está dentro da faixa de erro permitida pela legislação vigente.

Lacre

O lacre é colocado no aparelho após a aplicação do selo — também pelo fiscal — para evitar qualquer tipo de alteração nas suas características metrológicas até que ela seja vendida.

Tipos de balança no varejo

As balanças comerciais que são utilizadas no varejo têm diferentes aplicações. Abaixo, apresentamos os tipos de equipamentos usados para a pesagem de mercadorias em diferentes setores e momentos da operação.

Balança pesadora

Esse tipo de dispositivo é bem simples e prático, contém apenas um visor para peso e oferece suporte a todo tipo de estabelecimento. Seu objetivo é fornecer, exclusivamente, o peso dos produtos e seu uso é obrigatório em lojas que não têm ilhas de pesagem, permitindo ao consumidor visualizar o peso do produto antes de chegar ao caixa para pagamento.

As balanças pesadoras também são utilizadas para o processo de produção de uma loja, sobretudo em padarias, já que serve para pesar os ingredientes que serão utilizados na fabricação de produtos e para conferir a gramatura das receitas.

Balança etiquetadora

As balanças etiquetadoras são bastante comuns no setor varejista. É, normalmente, encontrada em setores como: supermercados, padarias, açougues, hortifrútis, peixarias etc. Nelas, a pesagem dos produtos é acompanhada pela impressão da etiqueta que deve conter informações como:

  • descrição de produto;
  • ingredientes utilizados;
  • tabela nutricional;
  • tara da mercadoria e embalagem;
  • data de validade;
  • peso;
  • preço unitário;
  • valor total;
  • código de barras.

Todos esses dados referentes a cada item são previamente cadastrados na memória do equipamento, otimizando o processo de vendas, pois são rapidamente acessados na hora do pagamento pelo leitor de código de barras e informados ao software utilizado no ponto de venda (PDV).

Balança de checkout

Esse tipo de balança é utilizado de forma integrada ao caixa e é aplicada para conferir o peso da mercadoria. O varejista que opta por adotar esse tipo de pesagem direto na frente de caixa deve disponibilizar outro tipo de aparelho no setor da mercadoria, de maneira que o consumidor possa conferir o peso e o preço antes de chegar ao caixa. A balança de checkout é importante para tornar o volume de vendas maior e mais fluido, pois faz com que o consumidor pese o produto apenas no ato de finalizar a compra, reduzindo as chances de alterar a quantidade escolhida anteriormente.

Suponha que um cliente tenha pesado 2kg de cenouras na ilha de pesagem — as balanças que ficam no setor de hortifrúti — e, ao chegar ao caixa, deseja alterar a quantidade para 1kg. Ele terá o incomodo de voltar ao local onde pesou as cenouras para fazer a pesagem novamente e, posteriormente, retornar ao caixa. Esses equipamentos são indicados para super e hipermercados, hortifrútis, pequenos comércios e outros estabelecimentos.

Balança de recebimento de mercadoria

A função da balança de recebimento de mercadorias para o varejo é fazer a conferência da gramatura dos itens recebidos na loja. Ela permite confrontar o peso total da entrega — caixa ou pallet — com o peso dos itens apresentado na nota fiscal no momento do recebimento. Isso é fundamental para o controle do recebimento de produtos de alto valor agregado, como carnes e determinados tipos de queijos, onde geralmente pode acontecer grande perda.

Balança computadora

Normalmente, essa balança é utilizada em restaurantes que têm comandas de papel. Com uma saída serial conectada a uma CPU, o software de gestão tem a função de buscar os dados e aplicar ao sistema de venda, promovendo um controle mais automatizado. É importante destacar que para que as informações de peso, preço por KG e total a pagar sejam impressos em etiqueta o equipamento deve estar ligado a uma impressora.

Como você pôde conferir, para cada aplicação existem tipos de balança diferentes, cabendo ao varejista entender qual delas atendem melhor às necessidades do seu estabelecimento para poder efetuar um bom investimento e uma aquisição correta.

Gostou deste conteúdo? Caso você tenha ainda alguma dúvida sobre qual equipamento adquirir para o seu negócio, leia também o artigo sobre o que observar ao comprar uma balança para automação.