Sendo a época mais esperada pelo comércio, o Natal é sinônimo de aumento nas vendas e também de um fortalecimento do estoque das lojas. No entanto, quem não toma as devidas precauções acaba tendo prejuízos consideráveis em razão do estoque parado, principalmente após a data festiva. 

Com o objetivo de ajudar você a evitar perdas significativas de matérias-primas, elaboramos este post com 4 passos que serão bem úteis no controle do seu estoque. Vamos a eles!

1. Faça um planejamento antes da compra   

O planejamento é fundamental para evitar a falta ou o excesso de materiais no estoque. Por isso, a nossa primeira dica é que você faça um estudo preliminar sobre os produtos que têm as maiores saídas e também referente ao comportamento dos seus clientes.  Dessa maneira, será possível mensurar compras de acordo com as expectativas de venda, evitando que as mercadorias fiquem paradas depois do Natal. 

No quesito planejamento, é bom destacar também a organização do estoque, com a utilização de um software para realizar o controle de entradas e saídas. Inclusive, a tecnologia é uma aliada nas tomadas de decisões, bem como para analisar o que sai mais em determinados períodos. 

2. Faça ofertas       

As ofertas são excelentes para movimentar o estoque após o Natal. Como muita gente volta às lojas para realizar as famosas trocas de mercadorias, nada melhor do que oferecer atrativos que resultem em novas vendas.

Caso o seu estoque continue cheio após o melhor período de vendas do comércio, faça ofertas que chamem a atenção dos consumidores, movimentando a saída das mercadorias. Assim, certamente haverá um fluxo considerável, evitando que as mercadorias fiquem muito tempo paradas, aspecto prejudicial a qualquer negócio. 

3. Ofereça combos de produtos   

A criatividade também é uma aliada nas vendas. Para o seu estoque não ficar parado depois do Natal, outra dica que surte efeito é montar combos de produtos.

Dessa maneira, é possível vender mais e ainda aumentar a rotatividade do estoque. Exemplos são múltiplos, como leve 3 e pague 2. Compre duas camisetas e ganhe um desconto de R$ 50 na terceira. Compre dois pares de tênis pelo preço de um, enfim, tudo vai depender da sua criatividade.

Com isso, certamente o seu estoque será renovado rapidamente, trazendo novos produtos que possam chamar a atenção dos clientes logo nos primeiros meses de 2019. 

4. Faça queima de estoque

Já é tradicional muitas lojas realizarem as famosas queimas de estoque em janeiro. Inclusive, existem promoções tão disputadas que até filas são formadas na frente dos estabelecimentos em um corre corre atrás dos produtos promocionais. 

Para o seu negócio não ficar com o estoque parado, a queima é outra ótima opção. Vale a pena reduzir a margem de lucro para movimentar a sua loja. Afinal, com mais clientes, você poderá aumentar a fidelização.

Assim, a sua empresa vai evitar muitos prejuízos em razão do estoque parado, como endividamento, aumento dos custos com a manutenção, perda de produtos e também de oportunidades de investimentos. Portanto, priorize sempre a organização!  

Quer melhorar a gestão em seu negócio? Então veja como a organização de empresas impacta nesse setor!