Escolher o equipamento certo de pesagem pode fazer toda a diferença para o sucesso de um comércio. Por isso, conhecer os modelos de balanças, suas funcionalidades, vantagens e desvantagens representa uma etapa crucial do processo de montagem do negócio, bem como da manutenção de sua eficiência no médio e longo prazo. Hoje, vamos focar na balança de checkout e na ilha de pesagem.

Então, conheça a partir de agora um pouco mais sobre esses dois tipos de balanças e como escolher o modelo ideal para o seu supermercado, padaria ou restaurante!

O que é e como funciona a balança de checkout?

Esse modelo de balança é integrado ao caixa, informando o peso e o valor total do volume no momento em que o cliente passa por ele. Sendo assim, quando você compra carne, frutas, verduras ou o tradicional pãozinho francês, e vai para o caixa, a atendente pesa tudo ali mesmo.

O valor, no entanto, fica registrado e visível no monitor que lista os itens passados na esteira, permitindo o acompanhamento em tempo real. Você pode ver padarias e restaurantes usando a balança de checkout, mas vai encontrá-la com maior frequência nos supermercados, principalmente nos de grande porte.

Quais são as vantagens e desvantagens da balança de checkout?

Abaixo, reunimos alguns dos principais prós e contras da balança de checkout. Essas informações serão essenciais para você descobrir se esse é modelo ideal para o seu comércio. Confira!

Vantagens

A balança de checkout é integrada ao PDV (Ponto De Venda) por meio de um software específico. Isso permite informar o peso, a tara e o preço da mercadoria na tela de registros. Consequentemente, o negócio economiza rios de dinheiro com bobinas de etiquetagem e tinta para a impressão delas.

Além de dispensar as etiquetas impressas, a balança de checkout contribui para agilizar o atendimento, já que o cliente não precisará enfrentar duas filas dentro do mesmo estabelecimento. Dessa forma, ela também influenciará na satisfação do consumidor em comprar na sua loja.

Desvantagens

O manuseio de uma balança de checkout exige treinamento e, considerando a alta rotatividade de colaboradores que o comércio tem, a empresa pode precisar aplicar treinamentos com muita frequência, ocupando equipamentos e operadores.

Também existe a questão do respeito à legislação. Caso você opte somente pelo uso da balança de checkout, deve disponibilizar uma balança pesadora simples, sem impressão de etiquetas, no interior do estabelecimento para que o cliente possa usar e conferir o peso de sua mercadoria antes de passar no caixa. Esse cuidado deve evitar problemas com a fiscalização do IPEM (Instituto de Pesos e Medidas) do seu estado.

O que é e como funciona a ilha de pesagem com impressão de etiquetas?

A ilha de pesagem com impressão de etiquetas é um dos modelos de balança mais comuns vistos em restaurantes, padarias, açougues, peixarias e hortifrútis. O operador posiciona a mercadoria no centro da balança, digita o código referente ao produto, imprime a etiqueta com as informações de peso e valor e cola na embalagem.

As etiquetas também saem com o código de barras, o preço por quilo e a data de validade da mercadoria. Quando o cliente passa no caixa, o operador do PDV passa a etiqueta no leitor e as informações são digitalizadas, sendo transferidas para o monitor que resume a sua nota fiscal.

Quais são as vantagens e desvantagens da ilha de pesagem?

Agora que você já sabe o que é e como funciona a ilha de pesagem com impressão de etiquetas, descubra algumas das principais vantagens e desvantagens desse modelo de balança!

Vantagens

A grande vantagem desse tipo de balança é que ela permite agilizar a passagem de itens pelo caixa. Como o operador de PDV não precisará mais pesar e digitar o código do item, basta passar o código de barras no leitor digital para registrá-lo. Sendo assim, a rapidez com que os produtos passam pelo caixa deixa os clientes do meio e final da fila mais contentes.

Powered by Rock Convert

Desvantagens

Ao concentrar a pesagem de produtos em uma balança desse tipo, você precisará disponibilizar um colaborador para ficar de plantão em tempo integral atrás dela. Isso porque as tarefas de digitação dos códigos, a impressão e colagem de etiqueta nas embalagens deve ser de responsabilidade do estabelecimento.

Como muitos clientes não têm o conhecimento necessário para fazer esse trabalho sozinho, o profissional deve auxiliá-los. Além de entregar maior conveniência, esse cuidado ajuda a inibir adulterações na embalagem e fraudes.

Outro problema é a ociosidade desse colaborador. Em algumas partes do dia o movimento cai bastante e, mesmo não tendo trabalho, ele não pode sair de perto da balança. Isso gera custos adicionais para a empresa.

Como escolher a melhor opção?

Ao analisar os prós e contras de cada tipo de balança, pode ser difícil decidir qual é a melhor opção para o seu estabelecimento. Então, separamos algumas dicas abaixo para ajudar você tomar uma decisão consciente e acertada. Acompanhe!

Identifique as necessidades do negócio

Cada modelo atende uma necessidade específica do negócio e, apesar de a balança de checkout parecer mais vantajosa de início, é preciso considerar quais impactos ela gerará no modo como você opera o comércio.

Sendo assim, evite tomar decisões com base no achismo. Estude as necessidades internas do estabelecimento e cruze essas informações com as vantagens e desvantagens de cada modelo para ver qual atende melhor às demandas locais.

Para isso, você deve fazer uma pesquisa interna, entre colaboradores e clientes, e simulações para testar na prática a eficiência operacional de cada opção.

Pesquise os modelos e funcionalidades

Outra coisa importante que deve fazer é analisar as funcionalidades que cada modelo de balança oferece. A ilha de pesagem com impressão de etiquetas, por exemplo, realiza várias funções simultaneamente, mas você precisa ficar atento ao mercado, pois existem modelos mais simples e mais complexos dessa mesma linha.

Então, além de escolher o tipo de balança mais adequada para o estabelecimento, deve escolher também o modelo da linha que optou.

Conte com ajuda profissional

Fazer esse trabalho sozinho pode tomar muito do seu tempo. Além disso, a falta de conhecimentos e experiência no ramo pode resultar em uma escolha equivocada. Então, busque o apoio de uma empresa confiável nessa área para ter o apoio que precisa.

A Luz Automação é um exemplo do que estamos falando, pois, além de fornecer equipamentos com qualidade reconhecida no mercado, atua como um parceiro do seu negócio, oferecendo suporte para uma tomada de decisões com base nas necessidades reais dele.

Como pôde perceber, a balança de checkout e a ilha de pesagem com impressão de etiquetas são equipamentos de vital importância para o comércio. Você só precisa decidir qual é o melhor para o seu estabelecimento. Então, siga as nossas dicas para não errar e agregar vantagem competitiva ao negócio!

Pronto para começar? Entre em contato conosco agora mesmo e veja como podemos ajudar!

Powered by Rock Convert