Não importa em que tipo de negócio você atue, você se beneficiará da automação comercial. Os sistemas certos podem fazer uma diferença expressiva em empresas de qualquer segmento. Por meio da automação, é possível reduzir erros e otimizar a execução de tarefas, além de tornar a força de trabalho mais feliz e os clientes, muito mais satisfeitos.

Por mais consistente que seja o padrão de atuação do seu setor no mercado, cada negócio opera de uma maneira diferente em algum nível. Nesse sentido, um sistema de automação pode ser bastante útil, pois é possível adaptá-lo para a realidade de cada empresa, mesmo as pequenas.

Imagine, por exemplo, uma farmácia. Ao investir em equipamentos para automação comercial, esse tipo de estabelecimento pode otimizar de forma significativa o atendimento e a gestão de estoque.

Quer saber como adotar a automação comercial em pequenos negócios? Para ajudá-lo, damos 4 dicas. Confira!

1. Faça um bom planejamento

A automação é a chave para o sucesso em diversos setores da economia. Todavia, ao construir um novo produto ou serviço, fique atento à quantidade de coisas que você automatiza.

Frequentemente, é mais eficiente começar a executar os processos manualmente até você compreendê-los em detalhes. Nesse ponto, então, é que se recomenda mudar para a automação. Como no final você ainda terá que conectar tudo, é preciso estar pronto.

Além disso, antes de automatizar seu fluxo de trabalho, é preciso documentar todos os seus processos e examiná-los minuciosamente, o que requer um ótimo planejamento.

2. Defina os responsáveis

Não se esqueça de auxiliar a equipe durante o processo de adoção da automatização, além de determinar as pessoas responsáveis por isso. É essencial que esse colaborador tenha um excelente conhecimento de todos os setores do seu negócio, além de estar disposto a aprender sobre automação e informática e a dedicar tempo ao projeto do começo ao fim.

A automação apenas trará resultados se for adotada pelos indivíduos que a utilizam. No entanto, grande parte das pessoas tem receio de mudanças, por mais que talvez isso as ajude em suas tarefas diárias. Logo, para assegurar o sucesso dos processos, lembre-se de adotar a gestão de mudanças e o treinamento da equipe responsável.

3. Identifique as necessidades do negócio

É muito importante montar uma lista de processos que devem ser automatizados dentro de sua farmácia. Assim, é mais fácil conhecer as áreas em que se deve investir, quais tipo de equipamentos são primordiais e quais atividades necessitam de mais ou menos investimento para conseguir chegar ao resultado esperado. Depois disso, defina metas para a sua empresa.

Com essas metas, é possível reduzir muito o tempo de atendimento no balcão ou de espera para a retirada de produtos, por exemplo.

4. Escolha os equipamentos certos

Encontre a melhor ferramenta de automação e direcione uma equipe que ficará responsável por testá-la e implementá-la de modo gradual. Você logo perceberá que será enorme a quantidade de recursos economizados e que seus funcionários se sentirão confortáveis para implementar as novas mudanças.

Por fim, para adotar a automação comercial, será preciso aprofundar seu conhecimento sobre o fluxo de trabalho do seu negócio, a fim de verificar como a automação de processos pode torná-lo mais eficiente. Existem diversas soluções que podem ajudar nessa empreitada, como leitores de código de barras, software de gestão, balança, ferramentas de controle etc.

Esperamos que, depois de ler este artigo, tenha ficado mais claro como pode ser benéfico — e fácil – adotar a automação comercial. Para continuar aprendendo sobre os benefícios dessa medida, leia também nosso artigo sobre os benefícios da automação financeira para a sua empresa!